Edital de contratação

IEB divulga edital para a contratação de especialista em geoprocessamento

O Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) vai contratar um especialista em geoprocessamento para atuar no município de Humaitá, Amazonas. O trabalho do profissional consistirá em subsidiar e apoiar as ações na região, por meio da produção de informações cartográficas referentes às áreas com incidência de projetos de regularização fundiária e gestão territorial; e qualificar cartograficamente informações socioambientais e referentes ao desenvolvimento do trabalho do IEB.

As principais atividades são: desenvolvimento e manutenção de um banco de dados com informações socioambientais relevantes sobre os locais de incidência de atuação do IEB na região; levantamento e processamento de dados secundários referente à bases cartográficas necessárias para a intervenção dos projetos desenvolvidos na região. Elaboração de mapas para fins de complementação de informações realizadas em campo e relacionadas à regularização fundiária e gestão territorial (coleta de dados geográficos, etnomapeamentos, diagnósticos participativos, etc.); gerar subsídios ao planejamento, atuação e tomada de decisões do IEB e seus parceiros nos projetos desenvolvidos no âmbito do Programa SulAM; gerar subsídios ao monitoramento da implementação de políticas públicas de regularização fundiária na região, e; gerar subsídios a documentos institucionais (relatórios de projetos, boletins informativos e demais materiais de comunicação) relacionados ao Programa SulAM.

O profissional também vai participar de reuniões e processos de negociação entre organizações da sociedade civil e movimentos sociais do Sul do Amazonas e os representantes de órgãos públicos responsáveis pelas políticas de regularização fundiária e ordenamento territorial.

O profissional deve ter graduação em Ciências Biológicas, Geografia, Geologia, Engenharia Florestal, Engenharia Ambiental ou áreas afins; especialização ou experiência anterior em geoprocessamento e/ou sensoriamento remoto será um diferencial. Deve ter experiência mínima comprovada de 02 (dois) anos em atividades de geoprocessamento e sensoriamento remoto; experiência na construção e manutenção de bancos de dados geográficos conhecimentos básicos de Sensoriamento Remoto e softwares específicos para o desempenho das atividades, preferencialmente em ESRI ArcGIS e Geodatabase. Conhecimentos de softwares gratuitos será um diferencial.

Os interessados devem enviar currículos até 25 de março de 2014 para os seguintes e.mails: roberta@iieb.org.br e ailton@iieb.org.br.







Comentários