“Embarca Marajó” é premiado em Brasília

Mais de 300 projetos foram inscritos, 20 chegaram à etapa final.

Na noite de ontem, terça-feira (01/12), o IEB foi uma das vinte instituições a receber o Prêmio CAIXA Melhores Práticas, cujo objetivo é divulgar experiências bem-sucedidas e estimular que sejam replicadas país afora. O coordenador do IEB em Belém, Manuel Amaral Neto, recebeu das mãos da presidenta da CAIXA, Miriam Belchior, a estatueta pelo projeto Embarca Marajó, iniciativa que busca implementar ações socioeconômicas e ambientais no arquipélago paraense, visando o desenvolvimento local sustentável do território marajoara, especialmente nos municípios onde trafega a Agência-Barco da Caixa. Além do IEB, participam da execução do projeto o Instituto Peabiru, Instituto Vitória Régia (IVR) em parceria com a Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó (Amam) e do Colegiado de Desenvolvimento Territorial do Marajó (Codetem).

O “Melhores Práticas” teve 330 iniciativas inscritas, que passaram por diversas fases de avaliação, incluindo um júri externo. As 20 iniciativas selecionadas foram inscritas em premiações internacionais. Todas apresentaram resultados concretos e foram desenvolvidas por governos locais, entidades públicas, organizações da sociedade civil ou agentes privados. Cinco delas (25% do total) recebem recursos não reembolsáveis do Fundo Socioambiental CAIXA (FSA).

A divulgação dos projetos premiados foi realizada em outubro. Leia como foi!

Clique AQUI e conheça mais sobre o “Embarca Marajó”







Comentários