Jovens discutem políticas públicas

Primeiro encontro reúne participantes de oito municípios do Território Chapada dos Veadeiros

Em uma iniciativa inédita cerca de 400 jovens dos oito municípios que compõe o Território da Cidadania da Chapada dos Veadeiros, São João D’aliança, Alto Paraíso de Goiás, Colinas do Sul, Teresina de Goiás, Cavalcante, Monte Alegre de Goiás, Campos Belos e Nova Roma, se reuniram neste último fim de semana, 24 e 25 de maio, em Monte Alegre de Goiás para discutir políticas públicas que afetam suas vidas e seus projetos de futuro em seu território.

O I Encontro de Jovens do Território da Cidadania da Chapada dos Veadeiros foi promovido pela Associação Educação Povo Terra e Campo (Epotecampo) com apoio, na fase de elaboração, submissão e negociação do projeto junto a possíveis apoiadores, do Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), por meio do Projeto Chapada dos Veadeiros.

O evento foi a primeira realização da Epotecampo que é beneficiária de um esforço de fortalecimento e desenvolvimento por parte do IEB em seu projeto. Participaram, além dos jovens que se mobilizaram em caravanas a partir dos oito municípios, lideranças regionais, tanto jovens como anciãos, que se uniram numa intensa troca de conhecimentos.

Da população do território, 33% residem em ambientes rurais. A região possui 3.347 agricultores familiares, 1.412 famílias assentadas, seis comunidades Quilombolas e uma Terra Indígena, tudo isto no entorno da Unidade de Conservação Federal, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Os jovens se reuniram para discutir, sob a ótica das políticas públicas para a juventude, as dimensões de educação, saúde, gestão ambiental e territorial, etnia, gênero, entre outras. A partir de mesas de saberes motivadoras, formaram-se grupos de trabalho nas tardes de sábado e domingo para discutir temas específicos e elaborar formulações da percepção dos jovens sobre a situação atual e demandas futuras relacionadas a cada uma das dimensões.

De acordo com Leonardo Hasenclever, coordenador técnico do Projeto Chapada dos Veadeiros “é muito motivante perceber que a atuação do IEB, junto a essas organizações de base, pode resultar em realizações concretas dos próprios sonhos compartilhados por aquelas pessoas em seus territórios e entre seus grupos”.

Além disso, completa Hasenclever, “dar oportunidade para a juventude se inserir com qualidade no debate político acerca dos temas que afetam sua vida é muito importante. Isto é a preparação dos jovens para o enfrentamento dos desafios relacionados ao reconhecimento, lutas, conquistas e gestão da vida que eles planejam para si e para seus grupos”.

O IEB, além do apoio na fase de projeto junto à Epotecampo, participou da mesa de saberes de Meio Ambiente, Agroecologia e Agricultura Familiar juntamente com a Universidade de Brasília (UnB) Cerrado, o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Território da Cidadania da Chapada dos Veadeiros.

O evento terminou com os jovens sistematizando um documento que será levado para o Encontro Nacional da Juventude, trazendo o posicionamento deles frente a diversos temas que consideram de importância para sua vida plena, presente e futura, e que devem ser discutidos por toda a juventude brasileira.







Comentários