Livro relata manejo sustentável de camarão em ilha do arquipélago do Marajó (PA)

No dia 12 de fevereiro, na Ilha das Cinzas, município de Gurupá (PA), aconteceu o lançamento do livro “Manejo comunitário de camarão e sua relação com a conservação da floresta no estuário do rio Amazonas: sistematização de uma experiência em Gurupá-PA”.

No dia 12 de fevereiro, na Ilha das Cinzas, município de Gurupá (PA), aconteceu o lançamento do livro “Manejo comunitário de camarão e sua relação com a conservação da floresta no estuário do rio Amazonas: sistematização de uma experiência em Gurupá-PA”. O município faz parte do Arquipélago do Marajó - o maior arquipélago fluviomarinho do mundo, localizado na foz do rio Amazonas.
O livro relata uma experiência de pesca de camarão, cujo diferencial é manter na natureza os camarões que não estejam no tamanho ideal para serem comercializados. A inovação tem desdobramentos ambientais, econômicos e sociais. Com esses resultados a publicação objetiva passar a lição de que é necessário valorizar os conhecimentos das populações tradicionais nos planos e projetos de desenvolvimento para Amazônia.
Compareceram ao lançamento do livro cerca de oitenta pessoas, entre as quais autoridades da prefeitura e representantes de escolas públicas da região, que pretendem usar o material para contextualizar aulas, tendo em vista que o livro também traz um panorama histórico, geográfico e cultural da localidade.
O evento foi realizado pela Associação dos Trabalhadores Agroextrativistas da Ilha das Cinzas (ATAIC), a qual é responsável pela organização do livro junto com o IEB e o Instituto Gurupá. Esta publicação é im produto do Projeto Cluster, que tem o objetivo de atuar junto à consolidação de planos de manejo praticados por comunidades e indivíduos na Amazônia brasileira.

Em breve a publicação estará disponível para download no site do IEB.
Mais informações: imprensa@iieb.org.br.
Saiba mais sobre o projeto cluster clicando aqui.







Comentários