Pesquisadores lançam livro sobre conflitos sociais no Madeira

O livro organizado pelo Alfredo Wagner Berno de Almeida, aborda a ação dos grandes projetos de desenvolvimento na Amazônia.

Aconteceu no dia 26 de fevereiro, no Núcleo de Cultura e Sociedades Amazônicas da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) o lançamento do livro "Conflitos Sociais no Complexo Madeira". O livro organizado pelo Alfredo Wagner Berno de Almeida, aborda a ação dos grandes projetos de desenvolvimento na Amazônia. Além de 22 artigos assinados por pesquisadores de universidades do Brasil e de outros países, o livro traz também um mapa síntese demonstrando cartograficamente os a localização dos conflitos sociais. Os artigos são relativos a trabalhos de pesquisa realizados junto a povos indígenas, comunidades quilombolas, ribeirinhas, garimpeiros, pescadores e entre outros agentes sociais da região. Entre os artigos do livro estão: “Mapeamento social e comunidade negras rurais na calha do rio Madeira: levantamento preliminar”; “A luta anti-barragem em Rondônia: o caso dos Arara e dos Gavião”; “O garimpo no rio Madeira: território e identidade”; “Conflitos pelo uso dos recursos naturais, direitos e processos de territorialização no rio Madeira (1880-1930). A publicação faze parte do projeto “Transformações sócio-econômicas no Rio Madeira” que vem sendo desenvolvido como um dos componentes do Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia (PNCSA) desde o início de 2007. O projeto vinculava-se ao Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura da Amazônia da Universidade Federal da Amazônia até 2007 e posteriormente passou a integrar também à Universidade Estadual da Amazônia. A publicação do livro contou com o apoio financeiro do Consórcio Fortis e em breve estará disponível para download no site http:// www.novacartografiasocial.com







Comentários