Indígenas e gestores públicos discutem processos de implementação da PNGATI

A meta é criar redes de parcerias locais, realização de cursos básicos de implementação da PNGATI.

 

Com a regulamentação da Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas (PNGATI), por meio do Decreto nº 7.747 de 05 de junho de 2012, representantes indígenas de Roraima e do Amazonas, gestores públicos e representantes de entidades sociais começam a discutir os processos de implementação da PNGATI nas terras indígenas da Amazônia Brasileira, através da Oficina do Projeto Formar PNGATI, que acontece nos dias 02 e 03 de maio, no Auditório Lindalva Macuxi, na sede do Conselho Indígena de Roraima em Boa Vista.

A atividade é uma iniciativa do Instituto Internacional de Educação no Brasil (IEB) em parceria com o Conselho Indígena de Roraima, COIAB, FUNAI, ICM-Bio e outras entidades envolvidas na questão, e tem como razão principal tornar visível e transparente as propostas de implementação das ações da PNGATI nas terras indígenas da região Amazônica, assim como discutir e construir estratégias de execução, buscando garantir a participação direta das comunidades indígenas no processo de implementação, juntamente com os gestores públicos envolvidos.

A meta da atividade é criar redes de parcerias locais, realização de cursos básicos de implementação da PNGATI, de acordo com as especificidades de cada povo e comunidades indígenas, além de encaminhar e definir os membros da equipe que irão atuar na execução dos Planos de Gestão Territorial e Ambiental nas terras indígenas.

No primeiro momento da oficina foi feita a apresentação do Projeto Formar PNGATI e formação de grupos dos indígenas e gestores públicos, para discutir e construir os conceitos básicos para o entendimento da temática sobre gestão ambiental e territorial de terras indígenas.

A atividade continua nesta sexta-feira dia 03, com os encaminhamentos e aprovação das propostas discutidas nos grupo de trabalho.

Texto e Foto: Conselho Indígena de Roraima (CIR)    







Comentários