Tem início o Curso de Formação sobre Gestão Territorial e Ambiental em Terras Indígenas

Curso é uma atividade do Projeto ConsBio orientada para ampliar o conhecimento em torno desse tema junto a lideranças indígenas e técnicos da FUNAI

 

Entre os dias 02 e 10 de abril, no Centro de Formação Paiter Suruí, em Cacoal/RO, o IEB realiza o Curso de Formação sobre Gestão Territorial e Ambiental de/em Terras Indígenas. Esta é uma atividade do Projeto ConsBio orientada para ampliar o conhecimento em torno desse tema junto a lideranças indígenas e técnicos da FUNAI, colaborando assim para a aderência da PNGATI (Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígena) na área de abrangência e incidência do Projeto, qual seja, o sul do Amazonas e o sudeste de Rondônia.

O curso está organizado em cinco tópicos: entendendo a PNGATI; cultura e meio ambiente; poder e sustentabilidade dos povos e terras indígenas; alguns instrumentos de gestão ambiental e territorial; e desafios para a gestão territorial e ambiental; e conta com facilitadores e instrutores brancos – da equipe do IEB – e indígenas – com destaque para a participação de Francisco “Chico” Apurinã da APIB (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil), Weibe Tapeba da ACITA (Associação das Comunidades Indígenas Tapeba), Almir Suruí da Associação Metareilá do Povo Paiter Suruí e o cacique Itabira Suruí. Na segunda-feira, 08 de abril, a turma visitará a aldeia Lapetanha na Terra Indígena Sete de Setembro, quando terão a oportunidade de conhecer o projeto de reflorestamento da TI, o plano de vida para 50 anos do povo Paiter Suruí e o seu projeto de etnoturismo.

O curso conta com 25 participantes, entre brancos e índios (sendo três mulheres indígenas), dos quais dez fazem parte de Comitês Regionais da FUNAI. Os oito participantes brancos são, maiormente, técnicos e servidores da FUNAI das CRs Madeira, Médio Purus, Alto Purus, Cacoal, Ji-Paraná e Guajará-Mirim, e um doutorando em Antropologia Social da FFLCH/USP. Dez povos indígenas, por meio de suas comunidades, associações e dos próprios Comitês Regionais da FUNAI se fazem representes no curso: Suruí (02), Parintintim (02), Tenharim (02), Paumari (01), Banawá (01), Gavião Ikolen (02), Arara Karo (01), Apurinã (04), Canoé (01) e Oro Nao (01).







Comentários